Brasil Região Sul

Porto Alegre – Uma capital com cara de interior

Em agosto tivemos a oportunidade de viajar para Porto Alegre e passar 4 dias na capital gaúcha. Chegamos em uma terça à noite e deixamos a cidade no domingo seguinte pela manhã, quando fomos para Cambará do Sul.

Porto Alegre e seu jeitinho de interior

Capital do Rio Grande do Sul, mais de 1,4 milhões de habitantes e presença constante nos noticiários jornalísticos. Tudo dava a entender que nós iríamos conhecer apenas mais uma das grandes capitais brasileiras.

Cúpula da Catedral de Porto Alegre

Cúpula da Catedral de Porto Alegre.

Acontece que nossas expectativas foram superadas desde o primeiro minuto em Porto Alegre. Por mais que a cidade tivesse uma estrutura de capital, com prédios, muitos carros e toda aquela dinâmica acelerada dos grandes centros urbanos, havia uma forte sensação de estar visitando uma cidade do interior.

Mas como assim uma cidade do interior?

As pessoas de forma geral eram sempre muito gentis. Não importava se estávamos pagando por algum serviço ou simplesmente pedindo alguma informação na rua, a maneira como as pessoas nos trataram foi a melhor possível.

Andando pelas ruas, visitando feiras, conhecendo restaurantes e observando a movimentação da cidade, a impressão era de que mesmo com toda a vida moderna, as pessoas conseguiram manter uma relação de simplicidade e muita cordialidade entre si.

Confesso que essa sensação foi muito reforçada pelo fato de morarmos no Rio de Janeiro, onde tudo é mais corrido e o tempo realmente não para.

Parques e praças aconchegantes

Considerada uma das cidades mais arborizadas do Brasil, outro ponto que também chamou muito a nossa atenção foi a quantidades de parques e praças pela cidade. Cada um mais verde que o outro, eles estão por todos os cantos e têm um trabalho de conservação muito bem feito pela prefeitura de Porto Alegre.

Moinho do Parcão

O moinho é uma das principais atrações do Parcão.

Pessoas caminhando no Parcão

O Parcão é um local muito seguro e tranquilo para caminhar.

Como Porto Alegre é um local que não tem praia, as pessoas aproveitam para passar os finais de semana e feriados nos parques e praças, fazendo piqueniques, passeando pelas feiras ou aproveitando para fazer atividades ao ar livre.

Alguns deles, como o Parque Farroupilha (Redenção) e o Parque Moinhos de Vento (Parcão), são enormes e atraem grande parte dos moradores e turistas.

Árvore no Parcão

Uma das muitas árvores que enfeitam o Parcão.

Lago e bancos do Parcão

O Parcão é um ótimo lugar para relaxar, ler um livro e ficar em paz.

Restaurantes e culinária marcantes

A cada dia buscamos conhecer um lugar diferente para comer e as experiências não poderiam ter sido melhores. Não tivemos nenhuma decepção gastronômica e alguns lugares superaram muito nossas expectativas.

Mas vocês gastaram muito nos restaurantes?

Definitivamente não. De forma geral é possível comer muito bem sem gastar rios de dinheiro. Pegando dicas na internet e conversando com as pessoas nas ruas, encontramos lugares muito bons sem ter que esvaziar os bolsos.

Você recomendaria algum restaurante especial?

Até mais de um, mas deixarei três como dicas imperdíveis.

A Parrilla del Sur serve um churrasco uruguaio sensacional! Eles não oferecem rodízio, mas a cada dia da semana um corte de carne está em promoção. É só visitar o site deles que você encontra a promoção dia.

Assado de tira

O Assado de Tira foi um dos cortes que experimentamos na Parrilla del Sur.

Outro lugar ótimo é o Agridoce Café. A decoração da casa é tão bem feita que a sensação era de estar em um restaurante europeu, no início do século passado. As comidas também são ótimas! Todos os doces e salgados são feitos por eles e os grãos de café são de ótima qualidade.

Apenas como referência, o Agridoce Café é o 2º colocado no TripAdvisor na categoria restaurantes em Porto Alegre.

Cafés e sanduíches no Café Agridoce

Nosso lanche no Café Agridoce.

Para fechar nosso post, logo na primeira noite fomos a Hamburgueria Me Gusta, que foi uma bela indicação do nosso hostel. O lugar serve ótimos hambúrgueres e todos os ingredientes são feitos lá mesmo de forma artesanal, incluindo os pães. Não deixe de aproveitar o Crocante Me Gusta, que é uma sobremesa feita de amendoins e servido com calda de morango e creme.

Hambúrguer , molhos e batata rústica.

Apesar de enormes, os hambúrgueres são super leves.


Se você gostou deste de post e acha que ele pode ajudar mais alguém, curta e compartilhe nas redes sociais.

Tem mais alguma dica para dar? Então deixe sua dica sobre Porto Alegre nos comentários.

Você também vai gostar

Nenhum comentário

Envie um comentário